Tese de doutorado sobre Desenvolvimento Sustentável

Esta tese é uma pesquisa que procurou identificar as relações de poder-saber na emergência histórica do Dispositivo Desenvolvimento Sustentável (DDS) na atualidade. A base teórica deste trabalho se sustenta em autores ambientais e, principalmente, das leituras e compreensões da obra de Michel Foucault sobre o conceito de dispositivo, de elementos da análise discursiva, somados a perspectiva analítica de Deleuze (1996, 2005).

A análise traz elementos de dois momentos históricos distintos criados pela ONU, com o objetivo de tratar do surgimento da crise ambiental contemporânea: a Conferência de Estocolmo de 1972 e a Conferência Rio+20. Sendo que o segundo momento é analisado a partir da cobertura dos jornais O Globo, Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo.

Autora: Noêmia Felix da Silva

Ano: 2017

Disponível aqui

Noêmia Felix da Silva é doutora em comunicação pela Universidade de Brasilia (2012) com pesquisa na área de jornalismo e meio ambiente e análise discursivas. Mestre em comunicação e política pela UnB (2005). Especialista em História pela UFG (2002) e graduada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás (1998). Atualmente é professora em tempo integral da Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Comunicação e Meio Ambiente, Análise de Discurso, e a relação da Comunicação com a Política, Ciência e espaço público e cidadania. Parecerista do Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental e da Sociedade Brasileira de Pesquisadores de Jornalismo e da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Jornalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *